Diabetes

 ClinSbelty auxilia na Diabetes Mellitus

O Diabetes Mellitus é uma doença crônica que pode ser provocada pela destruição das células beta das Ilhotas de Langherans, pela sinalização insuficiente destas, e alterações ou redução dos receptores para a ligação da insulina. A hiperglicemia torna-se característica comum a todos os tipos de Diabetes e determinará suas complicações micro e macrovasculares. Estudos recentes relatam que a hiperglicemia persistente reduz a atividade da enzima óxido nítrico sintetize (NOS) existente no endotélio, cuja função é produzir óxido nítrico (NO), este apresenta função vasodilatadora com importância na homeostasia circulatória e vascular. O uso de fitoterápicos como coadjuvantes ao tratamento ou prevenção das lesões vasculares torna-se importante aliado terapêutico. O ClinSbelty com seus compostos de ATIVOS apresenta um flavonol chamado procianidina, cuja atividade favorece a síntese de óxido nítrico (NO) e pode representar uma alternativa à prevenção e tratamento da lesão vascular neste grupo de indivíduos.

 Objetivo: O presente estudo objetivou avaliar o efeito de um dos princípios ativos do ClinSbelty na tensão arterial de pacientes portadores de Diabetes Mellitus tipo

 

O ClinSbelty ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue

Como já citado, o ClinSbelty retarda o processo de esvaziamento do estômago e com isso reduz a quantidade de açúcar no sangue após a ingestão de alimentos.

 O ClinSbelty  também pode ajudar as pessoas com diabetes do tipo 2, por melhorar a habilidade das suas células responderem à insulina estimulando os receptores de insulina e inibem uma enzima que os inativa, aumentando significativamente a habilidade das células em captar glicose.

 Uma pesquisa feita com um dos nossos principio ATIVO com 60 pessoas (30 homens e 30 mulheres) com diabetes do tipo 2 mostrou que melhora os níveis de glicose e lipídios no sangue. Os indivíduos foram divididos em 6 grupos: os grupos

1, 2 e 3 receberam 1, 3 ou 6g/dia respectivamente, e os grupos 4, 5 e 6 tomaram cápsulas de placebo. A nosso principio ativo foi consumida durante 40 dias, seguido por um período sem consumo de 20 dias. Os resultados foram os seguintes: após 40 dias, todos os que consumiram tiveram uma redução do nível de glicose de jejum em 18-29%, de triglicérides em 23-30%, colesterol LDL em 7-27% e colesterol total em 12-26%; não houve alterações significativas nos grupos de placebo.

 Assim, o ClinSbelty pode ser usada por portadores de diabetes para ajudar no controle da doença e por todas as pessoas, pois reduzindo a glicemia, ajuda também a reduzir o acúmulo dessa glicose na forma de gordura.

 O ClinSbelty pode ter um efeito benéfico em pacientes diabéticos, um estudo  próximo de 150 Diabéticos (tipos 1 e 2) observado que a porção solúvel de fibras é particularmente eficaz para reduzir o aumento da glicose no sangue, trazendo ainda um quarto deles para reduzir a sua dose diária de insulina ou hipoglicemiantes orais durante o estudo.